Sobre 

   CRP: 06/101098

- Graduada em Psicologia pela Universidade São Francisco de Itatiba (USF).

- MBA em Gestão de Pessoas pela Universidade Padre Anchieta.

- Psicologia da Gestação, Parto e Pós Parto pelo GAMA-SP.

- Curso de Formação em Psicanálise pelo CEFAS – Campinas (em andamento)

- Atendimento em consultório particular.

- Mais de 10 anos de experiência na área de Recursos Humanos atuando diretamente nos sub-sistemas da área.

foto 02.png

Mariana Caroline Pradella

Atendimento de adultos e casais. Todos os atendimentos iniciam-se por meio de uma entrevista pessoal.

 

Psicanálise é o termo criado por Sigmund Freud em 1896 para nomear um método de psicoterapia, que se baseia no tratamento pela fala. A cura pela fala (talking cure) quer dizer que o paciente leva para o seu analista todas suas emoções, problemas, angústias, medos, sexualidade, etc. Ao falar sobre o que lhe causa sofrimento, o sujeito cria a possibilidade de produzir algo novo em si que colabore com o seu processo de cura.

Durante a análise, é permitido que o paciente fale livremente sobre sentimentos, lembranças, sonhos, etc., não ocorrendo qualquer censura, orientação ou aconselhamento por parte do analista. O sujeito está livre para dizer o que quiser, o analista escuta e no momento oportuno faz a intervenção para que o paciente consiga juntar as informações e criar novos sentidos e leituras sobre seus sentimentos, desejos e necessidades.

O tratamento psicanalítico é naturalmente o mais árduo, pois é o único comprometido em descobrir e vencer as resistências interiores do paciente. Quando vencidas as resistências, ocorre uma real modificação na vida psíquica do paciente, mais desenvolvida por integrar cada vez mais conteúdos inconscientes à sua consciência.

Psicanálise

xcwCiMu.jpg

Sigmund Freud