• Mariana Caroline Pradella

VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA

Atualizado: 17 de Jul de 2020

1 EM CADA 4 MULHERES SOFRE ALGUM TIPO DE VIOLÊNCIA DURANTE O PARTO!


(Fonte: Pesquisa da Fundação Perseu Abramo e SESC)


Um número terrível, principalmente quando se trata de parto.

Como pode em um momento tão marcante, mágico, onde a mulher está com o poder de trazer para esse mundo um novo ser, ter histórias tão absurdas de abuso e violência durante o parto?


Infelizmente essa é a realidade que estamos enfrentando hoje, algumas mulheres conseguem identificar essa violência durante o parto, mas outras nem imaginam que tenham sofrido algum tipo de violência, alegando ser um “cenário normal de parto”.

O que é violência obstétrica? A violência obstétrica é a imposição de intervenções danosas à integridade física e psicológica das mulheres nas instituições e por profissionais em que são atendidas, bem como o desrespeito a sua autonomia.


COMO PREVINIR:


- Buscar uma equipe que apoie o parto humanizado;

- Participar de grupos e redes de apoio que tenham informações verídicas e de qualidade;

- Para parto hospitalar, entender quais são os protocolos do hospital escolhido;


COMO DENUNCIAR:


- Exija a cópia do seu prontuário, procure a defensoria pública;

- Ligue 180 Violência contra a mulher;

- Ligue 136 Disque Saúde

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo