• Mariana Caroline Pradella

Depressão não é frescura.

Depressão não é frescura. Depressão não é falta de Deus. Depressão não é brincadeira. Depressão não é fraqueza. Depressão não é drama. Depressão não é pra chamar atenção. Depressão não é preguiça.

Agora que você já sabe o que não é depressão, vamos aos fatos.

A depressão tem solução, nem sempre fácil, mas tem solução, nem sempre porque a maioria das vezes as pessoas não reconhecem o que é um quadro depressivo e quando se dão conta e buscam ajuda profissional o quadro está mais grave porque é muito difícil reconhecer um quadro depressivo.


Não é fácil viver com alguém que não tem ânimo para as coisas, é pessimista, fechado, se afasta dos outros e com isso as pessoas também se afastam, ou seja, aquela pessoa que está entrando em um quadro depressivo já fica mais solitário.

Todo depressivo se sente culpa por tudo, porque há um tipo de alteração no pensamento, então quando alguém fala: “você tem que reagir”, “você tem que fazer atividade física”, “você tem que buscar Deus e exercer a sua fé”, ele fica muito pior porque passa a se culpar por uma impotência dele em se ajudar.

Não podemos esquecer que a depressão acompanha os tempos, hoje as pessoas tem uma hiperatividade com trabalho, estudo, excesso de informação, excesso de solicitação, que levam a uma exaustão mental ou fadiga mental.

A tristeza, que muitas vezes é confundida com depressão, todos nós sentimos, mas o enfrentamento da tristeza não faz você perder o interesse por outras coisas.

Já a depressão é uma tristeza profunda, é uma dor na alma, te imobiliza e mesmo tudo estando perfeito a pessoa não reconhece e passa a desenvolver sintomas como: cansaço, alteração no sono, alteração de apetite (perde o apetite ou come demais), alteração no sono (dorme demais ou tem insônia), só aparecem pensamentos ruins como “não vou dar conta, não vou conseguir”, dificuldade de concentração, pensamento de morte ou suicídio, entre outros. A depressão é composta vários desses sintomas, e não apenas 1 ou 2.

Um quadro de tristeza profunda que dura mais de 2 semanas, em média, tem risco de evoluir para um quadro depressivo, por isso não é possível dar um diagnóstico de depressão antes de 15 ou 20 dias.


A depressão é um transtorno mental e nem sempre tem um gatilho. Esse transtorno tem uma incidência maior em certas famílias, por exemplo, se a mãe, o pai, o irmão, tem depressão, a incidência da pessoa desenvolver um quadro depressivo é maior.

Um aliado da depressão são as drogas, como álcool e a cocaína. O álcool tem um efeito euforizante e pra quem já tem essa pré disposição à depressão é necessário evitar o seu consumo. Tem pessoas que chegam ao alcoolismo por causa da depressão, quando você bebe fica eufórico, mas quando passa o seu efeito vem a ressaca e ai vai lá pra baixo e ai bebe novamente, ou consome outras drogas, como a cocaína que também tem um efeito euforizante.


Então o que fazer após identificar um quadro depressivo?


Quando a depressão é identificada previamente normalmente só a psicoterapia com psicólogo pode resolver, em caso de depressão mais profunda é indicado o acompanhamento do psiquiatra junto com o acompanhamento psicológico.

Quem já teve um episódio de depressão tem uma tendência maior de desenvolver um segundo episódio, quem já teve um segundo tem uma maior tendência de desenvolver um terceiro e assim por diante, por esse motivo que algumas pessoas vão precisar entrar com medicamento psiquiátrico.

Atividade física é muito indicada, porém, gostaria de lembrar o seguinte: alguns pacientes que estão com depressão chegam praticamente no “sub-solo”, então é necessário primeiramente iniciar um tratamento psicológico para quando ele volte ao “solo” realmente consiga dar um passo para uma atividade física. Pedir para uma pessoa com depressão praticar uma atividade física é o mesmo que pedir para uma pessoa com pneumonia correr na praia.


O primeiro passo é reconhecer e aceitar ajuda.


“ A depressão não é ausência de felicidade, é ausência de vitalidade” - Andrew Solomon – Livro: O demônio do meio dia.

74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo